Foto: Yhuri Lins, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e Meire Fernandes, presidente do LABRFF (Divulgação).
Foto: Yhuri Lins, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e Meire Fernandes, presidente do LABRFF (Divulgação).

Yhuri Lins participa em Los Angeles do festival de filmes brasileiros

 

O produtor de cinema Yhuri Lins está em Los Angeles, nos Estados Unidos, participando da 10° edição do Los Angeles Brazilian Film Festival. O evento começou no domingo (5) e termina na quarta-feira (8). No período, serão exibidos filmes e documentários produzidos no Brasil para uma plateia formada por representantes do mercado internacional de cinema, além do público interessado nas mais recentes produções brasileiras para as telonas.

Yhuri Lins vem se destacando na indústria cinematográfica nacional e está em Los Angeles para negócios. “Pretendo passar um bom período aqui, estou no coração da indústria cinematográfica, estou aprendendo todos os dias e evoluindo também, me sinto realizado profissionalmente”, comentou ele.

No momento, o produtor está trabalhando na finalização de um roteiro e pretende ainda em 2018 rodar um filme no Brasil. “É uma comédia com potencial internacional, estamos cuidando de todos os detalhes, espero em breve trazer novas notícias”, informa ele.

Na abertura do festival em Los Angeles quem esteve prestigiando o evento foi o ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão. A estreia do festival, no Teatro Harmony Gold, em Hollywood, teve a exibição do filme “A Glória e a Graça”, dirigido por Flávio Ramos Tambellini e que tem no elenco Carolina Ferraz, Sandra Corveloni, Sofia Marques e Vicente Demori.

Programação

A programação do Los Angeles Brazilian Film Festival tem ainda os filmes: “O amor no divã”, com direção de Alexandre Reinecke e elenco com Zezé Polessa, Daniel Dantas, Paulo Vilhena e Fernanda Paes Leme; “Teu mundo não cabe nos meus olhos”, dirigido por Paulo Nascimento e com Edson Celulari, Soledad Villamil, Leonardo Machado e Giovanna Echeverria no elenco; “180 graus”, de Phil Rocha e elenco com Bárbara Martins, Djulia Marc, Jocasta Germano e Tiago Vianna; “Canastra suja”, dirigido por Caio Soh, com Adriana Esteves, Marco Ricca, Bianca Bin, Pedro Nercessian e Cacá Ottoni; “The fates”, direção de Wagner Depintor com Iyin Landre, Douglas Rosa, Babu Santana e Douglas Silva no elenco; “Fala comigo”, direção de Felipe Sholl e elenco com Denise Fraga, Karine Teles, Tom Karabachian e Emílio de Mello; e “O colar de Coralina”, direção de Reginaldo Gontijo com Letícia Sabatella, Rebeca Vasconcelos, Maria Coeli e Nadja Dulci no elenco.

Estão na programação para exibição, também, quatro documentários, 11 curtas metragens brasileiros e oito curtas estrangeiros.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página