Presidente da Cooperativa Witmarsum, Artus Sawatsky, apresenta aspectos da empresa (Foto: Divulgação).
Presidente da Cooperativa Witmarsum, Artus Sawatsky, apresenta aspectos da empresa (Foto: Divulgação).

Witmarsum sedia rodada de abertura do Encontro de Núcleos Cooperativos

 

Com a participação de representantes de cooperativas de diversos segmentos da regional Centro Sul da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), aconteceu na manhã desta segunda-feira (16), em Witmarsum, município de Palmeira, o início da segunda etapa dos Encontros de Núcleos Cooperativos de 2017. O encontro foi realizado na Casa do Criador e contou com a participação do presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, além de outros diretores, como Luiz Roberto Baggio (coordenador do Núcleo Centro Sul) e Franz Borg. Coube ao presidente da Cooperativa Witmarsum, Artur Sawatsky, como anfitrião, fazer a apresentação da empresa na abertura do evento.

Sawatzky falou sobre a história de Witmarsum, fundada em 1951 por um grupo de imigrantes de família alemãs de religião Menonita, que adquiriram a área onde hoje está a Colônia. Ele também evidenciou a alta qualidade do leite produzido na região de abrangência da Cooperativa, com o que se destacam os produtos da marca Cancela (leite pasteurizado e leite UHT) e Witmarsum (queijos finos). Ainda, comentou sobre rações que levam a marca Cancela e são destinadas à alimentação dos bovinos leiteiros, bem como sobre os serviços prestados pela Cooperativa aos cooperados e também a ação social que executa.

Fazendo uma apresentação sobre a programação do encontro, Ricken lembrou que essa é a 50ª rodada de encontros de núcleos, que são realizados há 25 anos pela Ocepar. Nos agradecimentos que fez à Cooperativa Witmarsum por dar apoio e sediar o encontro, ele destacou que em Witmarsum é produzido “o melhor queijo do mundo”, em menção à linha de queijos finos que, desde o ano de 2002, levam a marca “Witmarsum” e a qualidade de seus produtos para todos os cantos do Brasil.

Ainda em sua fala, o presidente da Ocepar ressaltou o Plano Paraná Cooperativo 100 (PRC100), elaborado a partir de discussões em encontros de núcleos e aprovado na Assembleia Geral Ordinária da entidade em 2015, envolvendo mais de 1 mil cooperativas. Ricken observou que os avanços ao longo dos últimos dois anos e seis meses somente foram possíveis devido ao planejamento. Ele comentou de forma rápida os 13 projetos que o PRC100 contempla, dizendo, em nome da Ocepar, que “temos consciência que podemos fazer melhor”.

Projetos

Os superintendentes da Ocepar, Robson Mafioletti, e do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, fizeram uma apresentação analítica sobre o andamento dos 13 projetos do PRC100, que são: 1) Estrutura de capital: modelo de classificação de risco e proposta técnica; 2) Estudo de alternativas para realização dos ativos tributários; 3) Propostas de políticas públicas; 4) Projeto conhecer para fornecer; 5) Pesquisa com o consumidor; 6) Sanidade agropecuária; 7) Modelos de parcerias e alianças; 8) Ações sobre pedágios e portos; 9) Estudo e projeção da capacidade de armazenagem; 10) Modelos de negócios para viabilizar alternativas de geração de energia; 11) Estudo para formação de aliança estratégica em TI; 12) Programa de desenvolvimento de agentes; e 13) Modelos de governança cooperativa. De cada qual foi apresentado o percentual previsto para realização e o já efetivamente realizado até o momento, que, globalmente, têm previsão de 62% de realização e realizou efetivamente 56%.

Na sequência do encontro, foi apresentada pesquisa de opinião contratada pelo Sistema Ocepar, com o objetivo de levantar a imagem e o posicionamento do cooperativismo e de suas marcas. As informações gerais foram repassadas pelo coordenador de Comunicação Social do Sistema Ocepar, jornalista Samuel Milléo Filho, e pelo diretor-presidente do Instituto DataCenso, professor Cláudio Shimoyama, que coordenou a pesquisa. O estudo detalhado está disponibilizado para as cooperativas que tiverem interesse em conhecer de forma mais aprofundada os resultados.

Com a participação de todos, foi realizada uma dinâmica de grupo, com o tema “Construindo o futuro juntos”, Nesta atividade, foram apresentadas ideias para que a Ocepar coloque-as em debate na próxima reunião da diretoria, programada para acontecer no dia 13 de novembro.

Deputado

A presença no encontro do deputado federal Osmar Serraglio (PMDB) serviu para o pedido da Ocepar ao parlamentar para que defenda os interesses do cooperativismo paranaense em Brasília, junto ao governo federal. Um dos pontos tratados foi a Medida Provisória (MP) 793/2017, que institui o parcelamento das dívidas dos produtores rurais com o Funrural, sobre a qual a Ocepar já se posicionou contrária, e outro foi a proposta do governo pela elevação da alíquota do PIS/Cofins, que impacta diretamente na atividade produtiva e, por isso, igualmente tem posição contrária da Ocepar.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página