Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa
Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa

Vigilância faz ação contra riscos do benzeno em postos de combustíveis de Palmeira

 

Nesta primeira semana de outubro, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Palmeira, por meio da equipe da Vigilância Sanitária, realizou ação de prevenção e fiscalização nos nove postos de combustíveis em funcionamento no município de Palmeira. Ao todo foram mais de 100 frentistas que receberam as informações. A ação faz parte de uma operação estadual em referência ao o dia 5 de outubro, que é considerado o Dia Nacional de Luta contra a Exposição ao Benzeno.

A ação das equipes de fiscalização e conscientização busca diminuir os índices de contaminação pelo benzeno, um componente químico volátil – fácil evaporação – presente na gasolina, que causa danos graves à saúde com a longa exposição, pois é altamente cancerígeno.

Segundo a equipe da Vigilância, a operação informou aos trabalhadores sobre os riscos que sofrem descumprindo a lei estadual 18.619/15, a qual proíbe o enchimento do tanque após o travamento automático. Como explica o técnico da vigilância, Luiz Eduardo Wonsttret, o consumidor precisa se conscientizar sobre os riscos que corre junto com o trabalhador. “Os consumidores têm péssimo habito de pedir para abastecer o tanque do carro até o limite máximo. E não sabem que, para isso, o trabalhador descumpre lei e se coloca em risco pela necessidade de aproximar-se da abertura do tanque. As bombas de combustível possuem uma trava automática justamente para evitar a exposição ao benzeno”, explica ele.

Portanto, a Vigilância Sanitária alerta que o trabalhador realiza seu trabalho dentro da lei e deve recusar o pedido do consumidor em violar o abastecimento automático. Assim como o consumidor precisa respeitar e manter o seguimento da lei.

benzeno-folder

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página