VEREADOR INSINUA CASOS DE CONTÁGIO PELO CORONAVÍRUS EM PALMEIRA E SECRETÁRIA DE SAÚDE DESMENTE

Na tarde deste domingo (22), em sua página no Facebook, o vereador Denis Sanson, (PSD) publicou texto no qual diz não saber por qual motivo estão sendo omitidas algumas informações e afirmando existir casos suspeitos de contágio pelo coronavírus em Palmeira. No texto, faz menção a uma pessoa bem próxima a ele que estaria sendo assistida pela Secretaria de Saúde e pela Vigilância Sanitária de Palmeira, que teriam indicado os protocolos a serem seguidos. Cerca de uma hora após a postagem do vereador, a secretária de Saúde de Palmeira, Fabiani Bach Czelusniak, também em publicação no Facebook, desmentiu o vereador. Ela informou que não havia no município, até a tarde de domingo, nenhum caso de paciente suspeito do Covid-19 e que tivesse feito coleta de material e notificação à 3ª Regional de Saúde, sediada em Ponta Grossa.

O vereador do PSD, na sua postagem, disse ainda que a pessoa a quem se referiu, sem identificar, encontrava-se em isolamento total por 14 dias. Afirmou também que o Município de Palmeira precisaria urgentemente tomar uma atitude, seja decretando fechamento total do comércio ou regulamento horário de funcionamento e quantidade de pessoas por metro quadrado.

O vereador escreveu, também, que isso que está acontecendo é mais sério do que podemos imaginar e omitindo-se algumas informações faz a população acreditar que não é algo tão sério assim. Finalizando, disse que “precisamos ser transparentes até mesmo para o povo perceber a gravidade da situação”.

Resposta

Ao rebater as insinuações do vereador, a secretária de Saúde, em sua resposta, afirmou que a Secretaria de Saúde e um órgão municipal muito sério, onde atuam vários profissionais de saúde responsáveis e competentes em suas áreas. Ela citou que diariamente são emitidos informes através de textos, áudios e vídeos para que a população saiba como se encontra o cenário epidemiológico do município.

A secretária confirmou que há várias pessoas em monitoramento domiciliar por apresentarem sintomas respiratórios ou por terem vindo de viagens ao exterior e a estados que estão com a transmissão comunitária, ou seja, medidas de prevenção que a Secretaria Municipal de Saúde vem tomando, com base nos protocolos de atendimento do Ministério da Saúde, pensando no cuidado de todos os palmeirenses.

Fabiani disse, ainda, que momento não é para oportunismo político ou para causar pânico nas pessoas através de postagens, áudios ou vídeos com notícias falsas. “Agora é o momento de união e cuidado para consigo e ao próximo, observou a secretária, pedindo que todos sigam as orientações que estão sendo feitas diariamente fazendo para, juntos, enfrentar essa pandemia mundial”, finalizou a secretária.

Prefeito

Mais tarde, em vídeo que publicou e fez circular nas redes sociais, o prefeito Edir Havrechaki (PSC) também criticou a atitude do vereador com a insinuação de casos suspeitos de contaminação pelo coronavírus na publicação feita no Facebook. Ele confirmou que há pessoas em monitoramento porque estiveram em situação de risco e que não há nenhum caso suspeito no município. Disse estar triste por ver pessoas tentando tirar proveito de um momento como este, quando todos deveriam dar as mãos e seguir as orientações de prevenção ao coronavírus.

O prefeito informou também que nesta segunda-feira (23) deve baixar decreto para suspensão de serviços comerciais e atividades não essenciais em Palmeira, a exemplo do que fez o Governo do Estado no sábado (21). O documento já está em preparação pela Procuradoria do Município e deve ser publicado, segundo ele, após a reunião dos prefeitos dos municípios que integram a Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), que será realizada na segunda-feira.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página