Incêndio em novembro do ano passado destruiu parte das instalações da escola (Foto: Reprodução / Redes sociais).
Incêndio em novembro do ano passado destruiu parte das instalações da escola (Foto: Reprodução / Redes sociais).

Vereador destaca crédito de R$ 630 mil para construção de escola em Quero-Quero

 

Palmeiras banner superior

 

Na sessão da Câmara Municipal de Palmeira que acontece neste terça-feira (7), os vereadores discutirão e votarão projeto de lei que dispõe sobre autorização de abertura de crédito adicional no valor de R$ 630 mil para a Secretaria de Educação da Prefeitura de Palmeira. O vereador Marcos Ribas (PSDB) destaca a importância da aprovação do projeto, uma vez que o objetivo do recursos é a reconstrução e ampliação das instalações da Escola Municipal do Campo Professora Ida Albach, na localidade de Quero-Quero, no interior do município.

Em 17 de novembro do ano passado um incêndio destruiu todas as instalações da escola municipal. Na ocasião, dois homens que faziam trabalho de pintura dos prédios da escola, após beberem, discutiram e brigaram, sendo que um deles, ateou fogo em um colchão na parte externa de uma ala construída em madeira e o fogo se alastrou rapidamente. Desde então, os alunos da escola municipal são transportados todos os dias até a cidade para participarem das aulas no Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

O projeto de lei que tramita na Câmara Municipal será votado nesta terça-feira em primeiro turno. A aprovação em definitivo depende de duas votações. O projeto, em sua justificativa, assinada pelo prefeito Edir Havrechaki (PSC), informa que a destinação do recurso é a reconstrução e ampliação da escola.

Acreditando que os vereadores aprovarão o projeto de lei e, consequentemente, o crédito a ser investido na construção das novas instalações da escola, o vereador Marcos Ribas disse que “logo a realidade será uma escola moderna e confortável para alunos, professores e servidores”.

Projeto

O projeto da nova escola municipal na localidade de Quero-Quero prevê 200 metros quadrados de área reconstruída e mais 314 metros quadrados de área ampliada. Totalizando 514 metros quadrados de área útil para a escola. Serão seis salas de aula, além de sala para biblioteca e informática, salas de professores, direção e secretaria. O projeto prevê, ainda, cozinha com dispensa, vestuário e banheiros exclusivos, lavanderia, almoxarifado, além dos banheiros para alunos, com adaptação para os da educação infantil e pessoas com deficiência.

Segundo informado pela secretária de Educação da Prefeitura de Palmeira, Carla Patrícia Marcondes de Albuquerque, o projeto foi pensado para oferecer uma estrutura mais completa e adequada às necessidades da comunidade escolar, considerando que até então, alguns ambientes eram utilizados em conjunto com a escola estadual.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página