Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa
Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa

TSE contabiliza 25.242 eleitores aptos e votar na eleição de outubro em Palmeira

 

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) fechou os dados do cadastro de eleitores e aponta que no município de Palmeira 25.242 eleitores estão aptos a votar na eleição do próximo dia 7 de outubro. O número reduziu em comparação com os 26.325 eleitores que estavam aptos a votar na última eleição realizada, em outubro de 2016. Esses 1.083 eleitores a menos representam uma diminuição de pouco mais de 4 % no eleitorado do município no período dos últimos dois anos. O motivo da redução foi o cadastramento biométrico, que depurou o cadastro de eleitores.

Com os novos dados estatísticos do TRE-PR, o município de Palmeira passa a ter o 50º maior eleitorado entre os 399 municípios do estado do Paraná. A oscilação em torno do eleitorado em determinados momentos coloca o município entre os 50 maiores e em outros o deixa excluído. No entanto, com esses novos dados do TRE-PR, Palmeira firma posição, uma vez que na sequência entre os maiores eleitorados aparecem os municípios de Rio Branco do Sul, com 25.006 eleitores, e Ivaiporã, com 24.657 eleitores, porém ambos em viés de estagnação já há alguns anos.

Quem perdeu o prazo para a cadastramento biométrico está agora com a situação irregular e, por isso, não poderá votar na eleição de outubro deste ano, além de estar sujeito a multa e a algumas restrições. No momento, o cadastro eleitoral está fechado, e qualquer atualização dos dados somente poderá ser feita com a sua reabertura, no dia 5 de novembro.

O eleitor que não votar nem justificar a ausência às urnas deverá pagar multa e poderá sofrer uma série de consequências, como não obter passaporte nem carteira de identidade, não receber salário de função ou emprego público e não poder participar de concorrência pública ou administrativa estatal. Além disso, ficará impossibilitado de obter empréstimos em instituições públicas, de se matricular em instituições de ensino e de ser nomeado em concurso público.

A multa eleitoral decorrente do não comparecimento injustificado no dia da votação varia de R$ 3,51 a R$ 35,10, dependendo da análise do juiz eleitoral da região. É importante lembrar que cada turno de um pleito representa uma eleição para efeito dessa contagem.

Quantitativo do eleitorado por município

Município

Eleitores

Curitiba

1.339.225

Londrina

372.182

Maringá

276.225

Ponta Grossa

237.236

Cascavel

218.550

São José dos Pinhais

188.615

Foz do Iguaçu

178.331

Colombo

142.543

Guarapuava

125.780

Paranaguá

98.999

Toledo

96.173

Araucária

94.449

Apucarana

91.363

Campo Largo

86.398

Pinhais

85.606

Umuarama

76.398

Fazenda Rio Grande

70.076

Cambé

69.318

Almirante Tamandaré

68.051

Francisco Beltrão

65.246

Campo Mourão

64.356

Piraquara

62.713

Pato Branco

61.430

Paranavaí

60.173

Sarandi

60.132

Cianorte

54.905

Castro

51.219

Telêmaco Borba

46.798

Rolândia

46.589

Irati

44.328

Marechal Cândido Rondon

38.883

Prudentópolis

37.608

União da Vitória

37.581

Ibiporã

37.417

Medianeira

35.837

Lapa

34.785

Cornélio Procópio

34.235

São Mateus do Sul

31.946

Santo Antônio da Platina

31.055

Campina Grande do Sul

30.799

Palmas

30.454

Dois Vizinhos

30.305

Marialva

28.831

Jacarezinho

28.551

Paiçandu

27.574

Mandaguari

26.683

Pitanga

26.476

Assis Chateaubriand

26.426

Matinhos

26.404

PALMEIRA

25.242

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página