Foto: Reprodução / EBC
Foto: Reprodução / EBC

Sete vagas de emprego com carteira assinada são canceladas em junho em Palmeira

 

Sete postos de emprego formal – com carteira assinada – foram cancelados no município de Palmeira no mês de junho. O saldo negativo de empregos foi resultado de 246 contratações de trabalhadores e 256 demissões durante o mês. Os dados estatísticos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados na sexta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

De todos os setores pesquisados, somente o de serviços e do comércio registraram abertura de vagas, enquanto indústria, agropecuária e construção civil tiveram vagas canceladas durante o mês.

O setor de serviços teve saldo positivo na geração de empregos em junho, abrindo 17 novas vagas. Isto foi resultado de 102 admissões e 85 desligamentos, segundo números do Caged. Já o setor do comércio conseguiu abrir duas novas vagas, graças a 65 contratações e 63 demissões registradas no mês em Palmeira.

Por outro lado, o setor da indústria foi o que mais cancelou postos de trabalho formal em Palmeira no mês de junho. Foram fechadas 15 vagas no setor, resultado de 69 admissões e 84 demissões. Depois aparece o setor da agropecuária, que cancelou sete vagas ao realizar dez admissões e 17 desligamentos. Por fim, o setor da construção civil não fez nenhuma contratação com carteira assinada em junho, mas registrou quatro demissões e fechou o mês com saldo negativo de quatro vagas canceladas.

Positivo

Apesar do resultado negativo na geração de empregos no mês de junho, o saldo de empregos formais em Palmeira em 2018 mantém-se positivo, com 143 potos de trabalho criados nos sete primeiros meses do ano. Isto é resultante de 1.903 contratações e 1.760 demissões realizadas durante o período, de acordo com os números do Caged.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página