Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Segunda edição do Viva o Folclore acontece entre os dias 16 e 18 de março

 

Entre os dias 16 e 18 de março Palmeira será a “capital estadual do folclore”, com o 2º Viva o Folclore. As atividades do evento cultural acontecerão na praça Mal. Floriano Peixoto. Serão 16 apresentações de bandas e grupos folclóricos das mais diferentes etnias e também de várias regiões brasileiras, em um evento gratuito e aberto a toda população.

De acordo com Fernando Durante, captador pela Lei Rouanet, a segunda edição do evento colocará Palmeira no âmbito estadual do folclore com apresentações de diferentes grupos e bandas folclóricas da região sul. “Estávamos esperando a liberação por parte do Ministério da Cultura e agora começamos a fase de captação de recursos. Estamos entrando em contato com os grupos empresariais esperando confirmação. As atrações que teremos neste ano dependerão da captação de recursos que nós conseguirmos”, explicou o criador do projeto.

A abertura oficial acontece dia 16, às 19 horas. Nos dias 17 e 18, sábado e domingo, a movimentação começa ao meio-dia, com o reinício das atividades. Durante todo o evento funcionará a praça de alimentação, apenas com estabelecimentos da cidade, que desenvolverão pratos típicos de etnias diversas, inclusive com o típico Pão no Bafo, patrimônio imaterial de Palmeira.

O evento tem patrocínio das empresas Futuragro, Caminhos do Paraná e Grupo Guapo, contando com apoio cultural da Prefeitura de Palmeira, Baston e Expresso Princesa dos Campos.

Qualidade cultural

Para o município, o custo do projeto é mínimo, uma vez que o dinheiro investido vem das doações. De acordo com o secretário de Cultura, Waldir Joanassi Filho, esta é uma forma de desenvolver um evento de qualidade cultural com apresentações artísticas de alto nível, sem gerar ônus para a economia municipal. “Março Palmeira se tornará a capital do folclore fortalecendo ainda mais a presença do município na cena cultural regional, trazendo assim, atrações diferenciadas e bastante ricas para a população local”, destacou.

O prefeito de palmeira, Edir Havrechaki, destacou a intenção de dar continuidade em eventos culturais como o Viva o Folclore. “Desde que desenvolvemos o Plano de Governo para a corrente administração deixamos clara a nossa intenção de criar e fortalecer eventos culturais permanentes na cidade, justamente porque o Município de Palmeira é muito rico no ponto de vista cultural. Acredito que eventos como este só geram benefícios que refletem no bem estar da população”, pontuou Edir.

Programação

DIA 16 – SEXTA-FEIRA

19 horas: Abertura Oficial

20 horas: Apresentação do Grupo Calamengau, de Curitiba, apresentando o folclore nordestino.

DIA 17 – SÁBADO

12 horas: Reinício das atividades, com abertura da Praça de Alimentação

12h30: Orquestra Sinfônica de Palmeira

14 horas: Grupo Senhores da Música, folclore brasileiro, de Ponta Grossa

15 horas: Canto e Acordeona, folclore gaúcho, de Ponta Grossa

16 horas: Grupo Folclórico Italiano Anima Dantis, de Curitiba

17 horas: CTG Quero-Quero, de Ponta Grossa

18 horas: Grupo Folclórico Ucraniano Barvinok, de Curitiba

19 horas: Grupo Folclórico Holandês, de Castrolanda

20 horas: Show de folclore Afro, de Ponta Grossa

22 horas: Encerramento das atividades do dia.

DIA 18 – DOMINGO

12 horas: Reinício das atividades, com abertura da Praça de Alimentação.

12h30: Coral Vozes de Palmeira. Música folclórica do Paraná

13h30: Grupo de Seresta de Palmeira

14 horas: Música Folclórica Brasileira, com Clóvis e Simone, de Curitiba

15h: Folclore Argentino, com Los Tangueteros, Anna Martinelli & Jorge Aquino, de Curitiba

16 horas: Grupo Folclórico Polonês Mazury, de Mallet

17 horas: Jäger Volkstanzgruppe, Grupo de Dança Germânica, de São Bento do Sul (SC)

18 horas: Grupo Folclórico Ucraniano Poltava, de Curitiba

19 horas: Encerramento do 2º Viva o Folclore

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página