Foto: Divulgação / Santa Casa
Foto: Divulgação / Santa Casa

Santa Casa sorteia automóvel 0 Km e comemora sucesso em promoção

Para conseguir acessar recursos da ordem de US$ 94.908,00, dos quais US$ 71.181,00 da Fundação Internacional de Lions Clube e US$ 23.727,00 como contrapartida em recursos locais, totalizando perto de R$ 300 mil para a aquisição de equipamentos, a Santa Casa de Palmeira realizou sorteio de uma automóvel zero quilômetro, através de rifa. O sorteio aconteceu na sexta-feira (24) e a ganhadora foi Gisele Gross, residente na localidade de Pinheiral de Baixo, no interior do município de Palmeira. Ela recebeu o prêmio, um Chery New QQ, no mesmo dia do sorteio.

A diretoria da Santa Casa, por ocasião da entrega do prêmio, fez agradecimentos à população de Palmeira e de outras cidades da região que contribuíram para aquisição de um mamógrafo e de um equipamento de Raio X digital. A entidade também prestou contas da promoção, na qual foi arrecadado o valor bruto de R$ 116.880,00. Do total, R$ 3.413,50 foram destinados a despesas gerais e R$ 26.749,00 para a aquisição do veículo. Assim, o lucro líquido da promoção foi de R$ 86.726,50.

Equipamentos

O projeto que o Lions Clube de Palmeira apresentou para a Fundação Internacional de Lions Clubes para beneficiar a Santa Casa prevê a aquisição de um mamógrafo, de um digitalizador de raios X e uma impressora de películas para a impressão pelo método dry e radiografia digitais. Assim que receber estes equipamentos, o serviço de radiologia da Santa Casa deve se equiparar aos prestados nos grandes centros, com equipamentos modernos e de última geração. Ainda, com o seu aparelho de raios X de alta frequência, exames de melhor qualidade poderão ser realizados.

Os novos equipamentos facilitarão o acesso de mulheres que moram nos municípios de Palmeira, Porto Amazonas e São João do Triunfo aos exames de mamografia, que devem ser feitos de maneira preventiva. O Ministério da Saúde enfatiza o rastreamento do câncer de mama com a realização de mamografia pelo menos a cada dois anos para mulheres de 50 a 69 anos, ou no caso de grupos populacionais considerados de risco elevado para neoplasia mamária (com história familiar de câncer de mama em parentes de primeiro grau), recomenda-se a mamografia anualmente a partir de 35 anos.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página