Foto: Arquivo Folha
Foto: Arquivo Folha

Santa Casa pode ser extinta se não aparecerem interessados em disputar eleição

 

jornal da cruzeiro

 

O provedor da Santa Casa de Palmeira, Antônio Carlos Carneiro, convocou assembleia geral extraordinária para a eleição dos novos membros da sua diretoria. O edital de convocação, ao qual a Folha teve acesso, prevê prazo de dez dias, a contar a partir desta terça-feira (16), para inscrição de chapas interessadas em concorrer. Ainda, observa que, em caso de não haver interesse da comunidade, será decretada a extinção do hospital, de acordo com o que trata o estatuto da entidade.

Carneiro e outros diretores do hospital alegam não ter mais interesse em se manter à frente da instituição. As inúmeras dificuldades, agravadas por escassez de recursos financeiros e exigências de profissionais para trabalhar no hospital levaram à tomada de decisão pela convocação de uma eleição.

Para inscrever as chapas é necessário que sejam preenchidas as vagas para o conselho deliberativo, diretoria e conselho fiscal. As informações sobre o número de vagas e os cargos podem ser obtidas pessoalmente junto à administração da Santa Casa.

Há cerca de duas semanas, a direção da Santa Casa encaminhou comunicado à Secretaria de Saúde da Prefeitura de Palmeira informando que enfrentava dificuldades administrativas e estava a ponto de paralisar suas atividades, interrompendo os atendimentos prestados à população de Palmeira e de outros municípios da região.

O assunto foi tratado em reunião, no último dia 5, com a presença de representantes do hospital, da Prefeitura, da Câmara Municipal, do Conselho Municipal de Saúde e da 3ª Regional de Saúde, que tem sede em Ponta Grossa e abrange 12 municípios da região. Na ocasião, ficou acordado que a direção da Santa Casa deveria manifestar à Regional de Saúde a sua decisão sobre a paralisação ou não do atendimento ao público.

Até o momento, não houve uma comunicação oficial por parte dos diretores da Santa Casa, porém, o edital de convocação da assembleia geral extraordinária pode ser uma resposta, incluindo um prazo a mais – até a realização da eleição, se for confirmada – para uma tomada de decisão pela atual direção.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página