Foto: Arquivo Folha
Foto: Arquivo Folha

RPPS homologa candidatos para eleição aos conselhos administrativo e fisca

 

O Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) realiza no próximo dia 17 eleição para escolha de novos conselheiros administrativos e fiscais. Para tanto, foram homologados 11 candidatos, entre servidores ativos e inativos. A eleição deve renovar dois terços da composição dos dois conselhos. Devem ser eleitos pelos votos dos servidores públicos municipais segurados do regime, efetivos e inativos, seis novos conselheiros administrativos e dois fiscais.

Para as cinco vagas no conselho administrativo destinadas a servidores ativos, estão homologadas as candidaturas de Ana Maria Lourenço, Cínthia Liberto, Evandro Pacheco dos Santos, Juliano Barausce de Oliveira, Péricles Antônio Calaça, Rafaela de Oliveira Brecailo, Simone Follador e Tânia Mara Trindade. Para a vaga destinada a servidores inativos estão homologadas as candidaturas de José Carlos Scheidt, Vanda Valéria Ponijaleski e Vílson Deliga. Os candidatos que obtiverem o maior número de votos serão considerados eleitos e tomarão posse das seis vagas.

Já para o conselho fiscal serão eleitos um representante dos servidores ativos e um dos inativos. Apenas um servidor ativo está homologado como candidato: Tarcísio Delfrate. Para concorrer à vaga para os servidores inativos, são três candidatos homologados: Antônio José Passoni, Rosani Pacheco Gutstein e Sidney Aparecido Maidl. Também os candidatos que obtiverem maior número de votos serão considerados eleitos e aptos a tomar posse das vagas respectivas.

Eleição

Os servidores públicos municipais ativos e inativos segurados ao RPPS poderão votar no dia 17, entre as 10 e as 19 horas, na sede do RPPS. Os eleitores poderão escolher um candidato de cada categoria para cada vaga disponível, ou seja, um candidato dentre os inativos para o conselho administrativo, um candidato dentre os ativos para o conselho administrativo, um candidato dentre os inativos para conselho fiscal e um candidato dentre os ativos para o conselho fiscal.

A apuração dos votos deve acontecer imediatamente após o término do período de votação. Assim que o escrutínio dos votos seja concluído, acontecerá a declaração dos candidatos eleitos e aptos a tomar posse das vagas.

Os eleitos tomarão posse no dia 1º de setembro e, no ato da posse, deverão apresentar as respectivas certidões negativas expedidas pelos Cartórios distribuidores do Cível, Criminal e de Protestos da Comarca onde residam, além de declaração atualizada de bens, além de cópia de Registro Geral e Cadastro de Pessoa Física.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página