Foto: Divulgação / Polícia Militar do Paraná
Foto: Divulgação / Polícia Militar do Paraná

Presos suspeitos de tentativa de roubo a carro-forte na PR 151

propaganda superior site - don giovanni2

Foi preso na madrugada desta terça-feira (11) em Agudos do Sul, em uma chácara, o assaltante Cláudio Adriano Ribeiro, conhecido por Papagaio, junto com outras três pessoas. De acordo com a Polícia Civil do Paraná, os quatro são suspeitos de participação na tentativa de roubo de um carro-forte, no fim da tarde de segunda-feira (10), na PR 151, em Palmeira. Na ocasião, um caminhoneiro foi ferido por um tiro e um veículo foi queimado pelos bandidos.

Papagaio, que é do Rio Grande do Sul, estava foragido desde dezembro do ano passado, quando conseguiu progressão para o regime semiaberto, como já havia ocorrido em outras situações, e fugiu.

Segundo informação da Polícia Militar, no local aconteceram as prisões foram apreendidos quatro fuzis de grosso calibre e 14 carregadores, além de rádios comunicadores e uma caminhonete com placas clonadas. Neste veículo havia espaço para colocação de um fuzil e dois orifícios para realizar possíveis disparos.

Segundo o delegado Arthur Raldi, da Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) do Rio Grande do Sul, depois de Papagaio fugir havia informações de que ele teria participado de ataques a carros-fortes no estado e em Santa Catarina.

Na década de 1990, Ribeiro ficou conhecido por uma série de assaltos a bancos e carros-fortes com uso de explosivos. O criminoso foi condenado a 53 anos de prisão e começou a cumprir a pena em 1998. Ele foi o primeiro preso que conseguiu escapar da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (RS), em 1999.

Em abril de 2011, após progredir para o regime semiaberto, Papagaio não se apresentou mais ao albergue onde estava e passou a ser considerado foragido. Na ocasião, o criminoso foi recapturado meses depois, em Brusque (SC).

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página