Foto: Divulgação / Polícia Civil do Paraná
Foto: Divulgação / Polícia Civil do Paraná

Presos cinco suspeitos de tentar roubar carros-fortes na BR 376 em Witmarsum

 

Cinco integrantes de uma quadrilha suspeita de explodir caixas eletrônicos e roubar carros-fortes foram presos na manhã desta sexta-feira (20), em Curitiba. Foi durante a operação “Baixa Ordem”, deflagrada pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil do Paraná. Suspeita-se que estes criminosos tentaram roubar carros-fortes na BR-376, próximo ao acesso à Colônia Witmarsum, em Palmeira, em fevereiro deste ano.

A ação policial aconteceu em Curitiba e Região Metropolitana. Com os presos, os policiais do Cope apreenderam quatro carros de luxo e uma pistola. Entre os detidos está um vigilante que trabalha numa empresa de segurança e dava apoio à quadrilha observando a movimentação da polícia. Duas pessoas da organização criminosa não foram encontradas e estão foragidas da Justiça.

A investigação do Cope começou logo após a explosão de um caixa eletrônico em outubro de 2017 na cidade de Rio Branco do Sul. No mesmo dia, a Polícia Militar prendeu Éderson Machado Correia, vulgo “Bebezão”. Com ele os policiais apreenderam um fuzil, colete a prova de bala, munição e uma sacola com dinheiro picado.

No momento da prisão, “Bebezão” conseguiu quebrar o aparelho celular. Os policiais do Cope, no entanto, conseguiram recuperar grande parte dos dados armazenados no telefone de “Bebezão” e pouco a pouco começou a identificar cada um dos integrantes da quadrilha e culminou com a deflagração da operação nesta sexta.

A ação policial, que contou com 60 policiais do Cope, foi batizada como “Baixa Ordem” que é uma expressão usada quando o explosivo não funciona adequadamente.

Com informações da Rádio BandaB

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página