Foto: Divulgação / Polícia Militar
Foto: Divulgação / Polícia Militar

PM prende dois suspeitos de tráfico e apreende drogas e uma espingarda

 

Equipe da Polícia Militar de Palmeira realizava patrulhamento na madrugada deste sábado (14), quando por volta de 1h30 foi informada de que em um endereço da rua Oscar Teixeira de Oliveira, na Vila Rural, estaria acontecendo tráfico de drogas e que havia ameaça contra outros moradores com uma espingarda. Policiais foram até o endereço citado e efetuaram a prisão de dois homens suspeitos, bem como apreenderam drogas, dinheiro e a arma.

Logo que chegaram ao local, os policiais abordaram os dois homens que se encontravam na casa e eles disseram que estavam tomando conta da residência. Em buscas, nada foi encontrado. Porém, ao realizar buscas em um terreno vizinho, os PMs encontraram uma pochete de cor preta contendo seis buchas com substância análoga a maconha, todas envoltas ao papel filme e prontas para a comercialização. Além disso, também foram encontrados dois invólucros com dinheiro. Um deles, com R$ 228,00, tinha a inscrição “dura”, como referência a crack, e o outro, com R$ 200,00, com a inscrição “raio”, faria menção a cocaína, segundo o relatório da PM.

Ainda no mesmo terreno, em uma construção, os policiais localizaram duas balanças de precisão, três rolos de papel filme, 370 gramas de maconha, 52 gramas de cocaína e 27 gramas de crack, além de lâmina de barbear, que poderia servir para fazer carreiras de cocaína para consumo.

Após as buscas bem sucedidas no terreno, os policiais voltaram a questionar os dois homens que se encontravam na casa e um deles acabou confessando que estava fazendo a venda de drogas no local para um terceiro. Os dois receberam voz de prisão e foram encaminhados para a 40ª Delegacia Regional de Polícia, junto com a droga, as balanças de precisão e o dinheiro apreendidos.

Logo em seguida, a PM foi novamente acionada e informada da presença de armas e drogas no mesmo terreno onde havia acontecido a apreensão. No local, os policiais encontraram uma espingarda de pressão adaptada para calibre 22 e mais 14 pedras de substância crack, já prontas para venda, enroladas em papel alumínio. Tudo foi também entregue na 40ª DRP, onde será aberto inquérito para apuração das responsabilidades pelo delito.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página