Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa
Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa

Palmeira tem saldo negativo de empregos com carteira assinada em janeiro

 

Os dados estatísticos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, relativos do mês de janeiro, indicam que o saldo de empregos formais – com carteira assinada – no município de Palmeira ficou negativo. Não chega a ser um exagero, uma vez que aponta uma vaga de emprego cancelada no primeiro mês do ano, resultado de 331 contratações e 332 demissões registradas em janeiro.

O setor que apresentou o pior desempenho em termos de empregos foi o de serviços. Com 96 admissões e 111 desligamentos, fechou o mês com 15 vagas de emprego formal canceladas. Por outro lado, o setor que registrou o melhor desempenho, o comércio, fez 99 contratações e 89 demissões, resultando em dez novos postos de trabalho em janeiro.

Também registrando saldo positivo de empregos no primeiro mês do ano, o setor da indústria contratou 93 trabalhadores com carteira assinada e demitiu 86, fechando o balanço mensal com a abertura de sete novos postos de trabalho.

O setor da agropecuária, por sua vez, teve registro de 38 contratações de trabalhadores com carteira assinada, mas também de 38 desligamentos. Assim, fechou o mês de janeiro com saldo zero. Com saldos negativos no primeiro mês do ano aparecem os setores da construção civil, com duas vagas canceladas, e o extrativo mineral, com uma vaga fechada.

12 meses

No acumulado dos últimos 12 meses – período de fevereiro de 2017 a janeiro de 2018 – o saldo de empregos formais em Palmeira mantém-se positivo, de acordo com os dados do Caged. No período foram registradas 3.261 admissões e 3.028 demissões na soma de todos os setores pesquisados. Desta forma, o resultado dos últimos 12 meses apresenta saldo de 233 postos de trabalho abertos durante o período.

 

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página