Foto: Arte Folha
Foto: Arte Folha

PALMEIRA ESTÁ ENTRE OS 100 MAIORES MUNICÍPIOS DO BRASIL EM VALOR DA AGROPECUÁRIA

Segundo os dados estatísticos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de Palmeira é uma das principais forças da agropecuária na economia da região dos Campos Gerais, além de destacar-se no Paraná e no Brasil. O levantamento do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado em dezembro, relativo ao ano de 2017, aponta que Palmeira e outros três municípios da região estão entre os 100 maiores do país no ranking do Valor Adicionado Bruto da Agropecuária – índice que revela aqueles que mais geraram riquezas no campo no decorrer de um ano.

Palmeira é a terceira força regional no setor, com valor adicionado de R$ 425 milhões e 700 mil reais. O líder regional é Castro, que registrou um valor de R$ 531 milhões e 700 mil reais em 2017, volume que representa 0,18% de toda a produção agropecuária nacional. Os outros municípios da região em destaque no ranking dos 100 maiores do Brasil são: Tibagi (R$ 455 milhões e 600 mil reais) e Prudentópolis (R$ 381 milhões e 500 mil reais).

Quando a análise é restrita aos 399 municípios do Paraná, o destaque regional no agronegócio fica ainda mais evidente. Entre os dez municípios do estado com o maior valor, seis são dos Campos Gerais. Além de Castro, Tibagi, Palmeira e Prudentópolis, também aparecem Irati e São João do Triunfo, que registraram Valor Adicionado Bruto de 324 milhões e 300 mil reais e de 322 milhões e 500 mil reais, respectivamente.

Em outras análises, dentre os 20 maiores do estado, estão nove da região, e entre os 35 maiores do Paraná, estão 16 municípios dos Campos Gerais. Lideram o ranking estadual os municípios de Toledo, Cascavel e Castro, na terceira posição. Estes três são também os primeiros entre os municípios dos três estados da região Sul do Brasil: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página