Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira
Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira

Obras em dois colégios estaduais em Palmeira têm ordens de serviços assinadas

 

Na quinta-feira (12), aconteceu assinatura de duas ordens de serviço que autorizam o início de obras em dois colégios estaduais em Palmeira: Dom Alberto Gonçalves (Cedag) e Getúlio Vargas (Colégio Agrícola). O evento aconteceu foi realizado no Colégio Agrícola e contou com a presença de representantes do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), do Núcleo Regional de Educação, do prefeito de Palmeira, Edir Havrechaki (PSC), diretores e vice-diretores dos colégios, professores e alunos.

Os investimentos fazem parte do Programa Reparo Rápido do Governo do Estado, através da Fundepar. De acordo com o diretor administrativo da Fundepar, Nereuvaldo da Silveira, as obras começarão no próximo dia 23. “Há 12 dias, em uma reunião, o prefeito Edir nos questionou sobre a demora no processo de execução das obras nestes dois colégios. Na oportunidade nós prometemos ao prefeito dar celeridade ao processo. Missão dada é missão cumprida, e hoje estamos aqui para assinar as ordens de serviço”, comentou Silveira.

Conforme consta das ordens de serviço, o Colégio Estadual Dom Alberto Gonçalves receberá recurso de R$ 157.990,00 para ser investido em pintura das salas, troca de forro, reforma na cozinha, readequação elétrica, troca de tacos, reparo e troca de portas além de outras intervenções pontuais. Já o Colégio Agrícola receberá R$ 113 mil para investir na troca do forro do refeitório, pintura de dois blocos de salas de aulas e reparos na casa de força, que, segundo seu diretor, professor Rogério Schnell, é uma das principais demandas atualmente.

Para o diretor do Cedag, professor Lívingston Garcia, desde 2016 à frente da direção do Cedag, um dos objetivos colocados é elaborar projetos para aquisição de recursos junto aos órgãos competentes. “Finalmente assinamos a ordem de serviço para as obras que começam ainda neste mês. Em especial, quero agradecer ao prefeito Edir Havrechaki e ao chefe de gabinete, Tony Oliveira, pelo apoio junto à Fundepar. E não posso deixar de agradecer à professora Lisiane Ripka por todo o apoio nesta empreitada”, disse o diretor.

O prefeito, que é lotado como professor no Colégio Agrícola, mas está licenciado em função do mandato eletivo, comentou que é uma alegria poder contribuir para a educação da população palmeirense. “A importância desses dois colégios para a cidade de Palmeira é grandiosa. Investimentos como esses são sempre bem vindos, afinal, é através da educação que podemos mudar nossa realidade. Desejo que esses recursos sejam usados da melhor maneira possível”, destacou Havrechaki.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página