pt-palmeira

Nota do Partido dos Trabalhadores de Palmeira

 

Em virtude do processo de eleição do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Palmeira, o Partido dos Trabalhadores esclarece:

O Partido dos Trabalhadores de Palmeira por meio da sua executiva municipal informa que um perfil falso foi criado no Facebook com o nome “Lúcio Robes” e o nome do Partido dos Trabalhadores foi utilizado indevidamente para atacar uma das chapas que disputa esta eleição. Em primeiro lugar, PT repudia veementemente acovardados que se escondem em perfis falsos para agredir quem quer que seja nas redes sociais. Neste caso, o partido tomará as medidas legais para reparação de danos.

Em segundo lugar, informamos que tanto a chapa 1 (Futuro da agricultura familiar com transparência) quanto da chapa 2 (Mudança com atitude) possuem filiados do Partido dos Trabalhadores nas suas composições, assim como na comissão eleitoral, que coordena a eleição. Quanto a isso, não existe problema algum, pois o Sindicato e o Partido são órgãos com funções distintas e independentes entre si e cada pessoa escolhe livremente participar ou não deles.

Os candidatos que concorrem nesta eleição do Sindicato dos Trabalhadores Rurais sempre mantiveram uma ligação histórica com o partido, sendo que, Vilmar Agostinho Sergiki, da chapa 1, iniciou sua militância no PT em 26 de dezembro de 2002, depois foi Presidente do Sindicato por dois mandatos estando filiado ao PT, atuou na Fetraf/PR, foi indicado pelo PT para atuar como Diretor de Agricultura e Secretário Municipal de Agricultura no primeiro mandato do prefeito Edir Havrachaki. Em 2018, ocupou a função de Assessor Parlamentar no gabinete do deputado estadual Péricles de Holleben Mello, do PT, na Assembleia Legislativa do Paraná.

Evaldo Gross, da chapa 2, iniciou no Partido dos Trabalhadores em 26 de março de 2004, sempre exerceu atuação na sua comunidade, nas pastorais da Igreja Católica, atuou em várias direções do Sindicato ocupando diversas funções, além de ser o representante efetivo da entidade no Conselho Municipal de Saúde.

Por fim, o Partido dos Trabalhadores de Palmeira informa que nenhum candidato nem o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Palmeira podem ludibriar os eleitores com a falsa informação de que foram eles que construíram mais de 600 casas na área rural de Palmeira nos últimos anos. Estas casas foram financiadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, nas gestões do ex-presidente Lula e da ex-presidenta Dilma Rousseff, e o Sindicato era mero intermediário deste projeto e recebia por este serviço.

Por fim, esperamos que o agricultor seja valorizado e respeitado, que as chapas se respeitem, falem a verdade, não se utilizem de perfis falsos e de fake news, apresentem propostas e conquistem o voto democraticamente, renovando a entidade e qualificando esse processo eleitoral.

Josimar Vitor do Nascimento
Presidente do Diretório Municipal do PT Palmeira

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página