Recomendação é para que a população vacine-se contra a febre amarela como prevenção (Foto: reprodução / Imagem ilustrativa).
Recomendação é para que a população vacine-se contra a febre amarela como prevenção (Foto: reprodução / Imagem ilustrativa).

Macaco encontrado morto em Boa Vista não tinha vírus da febre amarela

 

Palmeiras banner superior

 

Informação transmitida para a Folha na manhã desta terça-feira (16) pelo enfermeiro Jean Carlo das Almas, do setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde de Palmeira, dá conta que os exames laboratoriais realizados em material coletado de macaco Bugio, encontrado morto na localidade de Boa Vista, no interior do município de Palmeira, deu negativo para a presença de vírus da febre amarela.

Os exames foram realizados no laboratório da Fundação Instituto Osvaldo Cruz (Fiocruz), e também apontaram negativo para a presença da raiva animal como causa da morte do macaco.

Outro exame, de material de macaco encontrado morto, este na localidade de Boqueirão, está em andamento na Fiocruz. “O resultado deste deve ser divulgado na semana que vem, dependendo da demanda do laboratório”, segundo informação de Jean Carlo.

Vacinação

Enquanto isso, a recomendação é para que as pessoas previnam-se com imunização da febre amarela através de vacina. A vacina pode ser tomada em qualquer unidade de saúde do município de Palmeira, tanto na cidade como nas localidades do interior.

Podem ser vacinadas contra a febre amarela crianças com idade a partir de nove meses até adulto com 59 anos completos. Quem já se vacinou não precisa se preocupar com nova vacinação, pois uma dose apenas garante imunidade para toda a vida.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página