Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa
Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa

Homem é ferido com tiros na Vila Rosa e morre em hospital de Ponta Grossa

 

No final da tarde de quarta-feira (4), por volta de 17h30, um caso de homicídio foi registrado em Palmeira. Na sua residência, rua Antônio de Sá Camargo, no bairro da Vila Rosa, Irivélson Iantas, 36 anos, foi atingido por dois tiros. A Polícia Militar foi acionada, através do telefone 190, de que em uma casa havia um homem caído, ferido a tiros. Também a equipe de socorristas do Corpo de Bombeiros foi acionada e compareceu, fazendo os primeiros procedimentos de socorro à vítima, que foi encaminhada ao Pronto Atendimento da Santa Casa. Devido ao estado gravíssimo, Irivélson foi transferido para Ponta Grossa, onde morreu logo após dar entrada no Hospital Bom Jesus.

Irivélson era empresário do setor de transporte, dono da empresa Iantas Tur, e, durante o período em que recebia atendimento dos bombeiros, ele teria relatado aos policiais que vinha sofrendo ameaças de morte por parte de dois irmãos por conta de dívida que teria com eles. Disse, ainda, que durante a discussão sobre o caso, um dos irmãos sacou de uma arma e disparou contra ele. Os supostos autores do homicídio teriam se evadido do local em um veículo Peugeot, de cor vermelha.

Agora, a polícia trabalha nas investigações sobre o caso, tentando identificar e localizar os responsáveis pela morte de Irivélson. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa para ser submetido a exames de necropsia antes de ser liberado para sepultamento.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página