Festa tradicional polonesa acontece neste domingo (21)

Por – Vera Lúcia de Oliveira Mayer

Em 1990 no Auditório da Universidade Federal do Paraná, inúmeros descendentes de poloneses se reuniram para a fundação da BRASPOL NACIONAL – Comunidade Brasileira Polonesa, a qual tem o reconhecimento do consulado polonês no Brasil e do senado Polonês na Polônia.
A BRASPOL tem como objetivo, criar a solidariedade entre todas as Comunidades Polônicas do Brasil, preservar suas tradições e os costumes, herdados dos antepassados.  Incentivar o intercâmbio cultural e científico entre o Brasil e a Polônia, e vice-versa, além de promover a valorização dos descendentes em todas as formas e ainda preservar todo o acervo cultural herdado.
A BRASPOL em Palmeira surgiu em 1993 quando o Presidente Nacional, Sr. Rizio Wachowicz, reuniu um grupo de descendentes poloneses radicados na cidade e propôs-lhes a idéia inicial.  Logo aprovada, iniciou-se o trabalho com a eleição de uma diretoria provisória.
A idéia ganhou corpo e em seguida foram criados núcleos em diversas comunidades do interior do município, como em Santa Bárbara Colônia, Maciel, Papagaios Novos, Passo do Tio Paulo, Rincão do Coxo, Boqueirão, Faxinal Grande, além de um núcleo central, e outro no bairro da Colônia Francesa.
A partir da reunião preliminar, buscou-se apoio das lideranças locais e conseguiu-se junto às famílias tradicionais, tanto da cidade quanto do interior, principalmente aqueles que vinham cultivando em nível de família, resgatar as tradições culturais e religiosas dos antepassados.
Dentre os objetivos da Braspol, destaca-se o resgate das tradições culturais, religiosas e os fatos históricos, muitos já esquecidos pelos descendentes.
A Braspol visa sobretudo a valorização da etnia, mostrando o grande legado dos poloneses e seus descendentes à nova Pátria, o Brasil, e o reconhecimento dos serviços prestados, enfrentando novas realidades totalmente desconhecidas, em relação àquilo que conheciam em sua terra natal, e que somente a garra, o destemor e a vontade de vencer superariam.
A Braspol objetiva também o resgate das tradições culturais de outros grupos étnicos que compõe a população local e desta forma, incentivar descendentes de italianos, alemães, sírio libaneses, portugueses, japoneses, negros e tantos outros, a não perderem suas raízes culturais, seus usos e seus costumes.
Nesta caminhada, de 23 anos a Braspol já realizou inúmeros eventos. A festa de fundação foi com jantar dançante à base de comidas típicas e música típica polonesa, incluindo aí a apresentação do grupo folclórico “KRAKUS”, procedente da Cracóvia, na Polônia, num dos maiores eventos culturais que os palmeirenses descentes de poloneses tiveram a oportunidade de presenciar.
Os desfiles em sete de abril no dia de aniversário do Município e sete de setembro no dia da Independência do Brasil em várias ocasiões, a Braspol teve a oportunidade de mostrar aos palmeirenses, parte do que os descendentes poloneses fizeram e fazem por  Palmeira.
Os outros núcleos promovem suas festas em menor proporção mas estão sempre integrados às comemorações dos demais, exemplo disso é o da localidade de Passo do Tio Paulo que realiza a Festa de São Miguel e a festa das sementes no mês de setembro de cada ano

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página