Foto: Arquio Folha

Fabiano Oliveira disputa cinturão mundial em Buenos Aires no próximo dia 19

 

Palmeiras banner superior

 

No próximo dia 19 de maio, o lutador palmeirense Fabiano Oliveira terá um dos maiores desafios de sua carreira. Ele vai lutar pelo cinturão mundial do World UAIMA & UMK Championship Open, em Buenos Aires, na Argentina. Na luta, na categoria até 63 quilos, Fabiano terá como adversário o argentino Brandon Juarez, atual campeão do torneio.

Fabiano embarca para a Argentina no dia 17, participa da pesagem para o evento no dia 18 e realiza sua luta no dia 19. “Ainda estou em fase de baixar o peso. Até o dia do embarque terei que perder sete quilos”, revelou ele, a 13 dias do confronto.

Além da luta de Fabiano contra o argentino, o evento também conta com participantes de vários países, como Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Estados Unidos, entre outros.

O lutador de Palmeira também contou que está treinando com Danilo Brandenburg, campeão paranaense em 2018, vice-campeão brasileiro e atleta da seleção brasileira de Sanda. “Cada sessão de treinamento dura quatro horas. Nestes últimos dias faremos alguns ajustes técnicos para fechar de vez a preparação”, destacou Fabiano.

Confiante de que vencerá o desafio, o lutador contou que sua expectativa para a luta é das melhores. “Acredito que consiga voltar com esse título internacional para Palmeira”, disse o atleta.

Patrocínio

O apoio de patrocinadores é fundamental para que atletas palmeirenses continuem se destacando em diversos esportes. Os custos para manter-se em alto nível em competições nacionais e internacionais são elevados.

No caso de Fabiano, por exemplo, é necessário realizar treinamentos em academias de outras cidades com profissionais renomados, consumir suplemento alimentar durante o tempo de preparação para o evento, além das despesas de viagem.

Infelizmente, hoje o incentivo ao esporte é pouco, e quando se trata de um esporte não tão popular como o futebol, por exemplo, é menor ainda”, observa Fabiano. O lutador fala, “sem medo de errar, que o Sanda, meu esporte, é o que mais traz títulos expressivos para Palmeira, e também o que leva o nome da cidade mais longe”. Ele afirma que o Sanda merece um apoio de peso da cidade e de empresários, pois “não e só o lutar e baixar de peso, visto que tem gastos com viagens e investimentos em treinos e suplementação de alimentação que um atleta de alto rendimento necessita”, explica Fabiano.

Por isso o lutador pede o apoio de patrocinadores. Interessados em patrocinar o lutador podem entrar em contato com o mesmo, através do telefone (42) 99826-1902.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página