Local onde funcionava uma cozinha, no Cemitério Parque, foi incendiado por vândalos (Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira)

Espaços públicos de Palmeira sofrem danos com ação de vândalos

 

jornal da cruzeiro

 

Na semana passada, duas secretarias da Prefeitura de Palmeira tiveram locais do seu domínio atacados com vandalismo e furto. Um deles é o Cemitério Parque Municipal, sob cuidados da Secretaria de Meio Ambiente, e outro o prédio da antiga Estação Ferroviária, onde está instalado o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), coordenado pela Secretaria de Indústria e Comércio.

Segundo a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, o Cemitério Parque, foi atacado na última quarta-feira (31), em plena luz do dia, conforme relatado por testemunhas. Os indivíduos adentraram no local onde o funcionário guarda os equipamentos de trabalho, retirando e levando as instalações elétricas do local e ferramentas.

Posteriormente, arrombaram a sala em anexo, uma cozinha, que o funcionário utiliza para fazer suas refeições. Da cozinha foram levados geladeira e fogão e, além do furto, os invasores atearam fogo na construção, que foi totalmente destruída pelas chamas.

Já o prédio da antiga Estação Ferroviária, onde são realizadas as capacitações ofertadas pelo Senai, teve vidros das janelas quebrados. Conforme as imagens da câmera de segurança, dois indivíduos encapuzados, utilizaram de pedras e golpes com os pés para executar o vandalismo, que resultou também em danos nas portas, que foram entortadas.

As duas secretarias registraram Boletim de Ocorrência na 40ª Delegacia Regional de Polícia, anexando as imagens, colaborando na investigação os casos.

De acordo com o Código Penal, as ações de vandalismo podem ser enquadradas como crime de dano por “destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia, prevendo pena de detenção, de um a seis meses, ou multa. No caso do Cemitério Parque também ocorreu crime de furto, igualmente punível pelo Código Penal.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página