Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa
Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa

Construção civil contrata e garante leve reação na abertura de empregos em Palmeira

 

wizar-banner-site

 

No mês de agosto, a criação de novas vagas de emprego formal – com carteira assinada – no município de Palmeira é mérito do setor da construção civil. Normalmente com números tímidos, no mês passado o setor realizou 18 contratações e não registrou nenhuma demissão. Com estes novos postos de trabalho criados, foi possível garantir saldo positivo de empregos no município de Palmeira. No mês, na somatória de todos os setores, foram 249 contratações e 239 demissões, resultando na abertura de dez novas vagas de trabalho formal. Foi uma reação que pode ser considerada leve diante dos 125 empregos formais cancelados no mês de junho.

Os dados estatísticos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (21) pelo Ministério do Trabalho e Emprego, trazem a informação preocupante de que o setor da indústria, frequentemente o maior gerador de novos postos de trabalho em Palmeira, manteve saldo negativo em agosto. Foram realizadas 81 admissões de trabalhadores com carteira assinada e 102 demissões no mês, o que resultou em um saldo de menos 21 vagas no setor.

Os setores do comércio e da agropecuária apresentaram um resultado pouco melhor, abrindo nove e sete vagas de emprego formal no mês de agosto. O primeiro fez 68 contratações com carteira assinada e registrou 59 demissões, enquanto o segundo admitiu formalmente 19 trabalhadores e desligou 12.

Em contrapartida, acompanhando o desempenho do setor da indústria, o de serviços também registrou saldo negativo, embora menor, com cancelamento de três postos de trabalho no mês passado. O setor efetuou 63 contratações e realizou 66 demissões em agosto, fechando com saldo negativo de três vagas de emprego canceladas.

Reação

Os dez novos postos de trabalho abertos no mês de agosto em Palmeira provocou uma pequena reação no balanço do ano de 2018 no quesito geração de empregos. Assim, entre janeiro e agosto, foram criadas 29 novas vagas de trabalho com carteira assinada no município, resultado de 2.352 contratações e 2.323 desligamentos.

 

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página