Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira
Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira

Condomínio fotovoltaico de mini-geração é apresentado a empresários

 

propaganda superior site - don giovanni2

 

Cerca de 20 empresários palmeirenses estiveram reunidos, na última sexta-feira (28), com representantes da empresa FAAD Energy para conhecer detalhes sobre o primeiro condomínio fotovoltaico no sistema de mini geração distribuída do Brasil, denominado Conerge. O encontro aconteceu Câmara Municipal e, entre outras informações, os participantes ficaram sabendo que, no modelo de condomínio, a empresa consome a mesma quantidade de energia, porém com o custo muito mais baixo, livre de alguns impostos e de burocracia.

O Condomínio Conerge está situado em Palmeira, onde mais de 150 mil m² em painéis solares atenderão exclusivamente às indústrias do Paraná. O sistema disponibiliza locação de fração solo e equipamentos em formato de usinas fotovoltaicas completas, projetadas sob medida para atender as necessidades de geração das empresas.

O investimento é de total responsabilidade da FAAD e a energia produzida será integrada na rede de distribuição atual. O empresário continua utilizando a mesma estrutura existente e a expectativa de redução do consumo fica em até 30%, conforme o perfil de uso ao longo das 24 horas do dia.

Para melhor atender a necessidade de cada empresa e apresentar a simulação da real redução, a FAAD solicitou aos empresários interessados que enviem suas últimas 12 faturas de energia para estudo pleno da compensação de energia devido ao processo de geração de placas fotovoltaicas.

Interesse

De acordo com o secretário de Indústria e Comércio da Prefeitura de Palmeira, Jaudeth Ramos Hajar, os empresários que participaram da reunião demonstraram muito interesse em participar do Conerge. “Quem participar tem muito para ganhar, visto que você não precisa gastar nada para começar a gerar sua própria energia. Além disso pode contribuir para um futuro melhor e sustentável, gerando energia através de uma fonte renovável”, destacou.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página