Foto: Divulgação / Câmara Municipal de Palmeira
Foto: Divulgação / Câmara Municipal de Palmeira

Câmara faz sessões ordinária e extraordinária e aprova projeto da LDO 2019

 

Uma sessão ordinária e uma sessão extraordinária da Câmara Municipal de Palmeira foram realizadas na terça-feira (26), com a presença de todos os nove vereadores. Na sessão ordinária, foram discutidos, votados e aprovados nove projetos de lei, enquanto na extraordinária aconteceu a aprovação em definitivo do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2019.

Dos nove projetos de lei aprovados pelos vereadores, três foram em segunda e definitiva votação e seis em primeiro turno. Todos os projetos aprovados dispõem sobre autorizações para aberturas de créditos adicionais no orçamento da Prefeitura

Na sessão extraordinária, que aconteceu em seguida à sessão ordinária, o projeto da LDO para 2019 foi aprovado por maioria de votos. Na votação, os vereadores João Savi (PDT) e Denis Sanson (PSDC) posicionaram-se contra a aprovação do projeto da LDO.

A Câmara Municipal, agora, encaminhará o projeto, incluindo emenda aprovada pelo Legislativo, ao prefeito Edir Havrechaki (PSC) para receber sanção e ser transformado em lei. Depois, com a publicação da lei no Diário Oficial do Município, entra em vigor e servirá como base para elaboração do projeto do orçamento de 2019.

Fiscalização

Ao final da sessão da Câmara Municipal, em explicação pessoal, o vereador Marcos Ribas (PSDB) falou sobre o papel de fiscalização do vereador, destacando que sempre que convocados, secretários municipais comparecem à Câmara para prestar contas das atividades desenvolvidas no âmbito do Executivo.

Em seguida, o presidente do Legislativo, vereador Pastor Anselmo (PP), disse que Ribas foi feliz nas suas colocações, quando salientou que a Câmara tem tido uma postura fiscalizatória, sendo comum a presença de secretários e entidades envolvidas com a coisa pública, explicando situações e deixando os vereadores informados com os acontecimentos da administração municipal.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página