Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira
Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira

Assinado contrato com empresas chinesas para investimento em usinas fotovoltaicas

 

O prefeito de Palmeira, Edir Havrechaki (PSC), assinou, nesta segunda-feira (27), em Beijing, na China, o contrato de parceria com a TBEA China e CED Prometheus China, junto com a brasileira FAAD Energy, para investimento em aproximadamente 200 usinas de geração de energia solar (fotovoltaica) em Palmeira.

A comitiva brasileira, que conta com Havrechaki e o secretário de Indústria e Comércio de Palmeira, Jaudeth Ramos Hajar, chegou ao país asiático na madrugada de domingo (26) e realizou a primeira reunião sobre o empreendimento na tarde desta segunda-feira. Na sequência, aconteceu a cerimônia que resultou na assinatura do contrato.

Durante o evento, que contou com apresentação de cultura local, o prefeito demonstrou alegria em realizar a assinatura de um contrato que deve beneficiar o município de Palmeira. “Estou muito feliz por ter a oportunidade de levar esse investimento para Palmeira através desses parceiros do outro lado do mundo, que acreditam e estão investindo no Brasil”, destacou.

Para representantes da FAAD Energy, “os benefícios desse feito são altamente rentáveis para ambos os lados que acabam ganhando. Seja o investidor, que entra com aporte, seja o Município que terá mais energia, além de novos empregos na usina que será construída”, relatou em nota.

Segundo informações da Agência Paraná de Desenvolvimento, que coordena a delegação, o contrato assinado é de U$$ 100 milhões, que serão investidos em três áreas de Palmeira: Fazenda Charqueada, próxima da subestação da Copel; Fazenda Garmatter, na BR-277, próxima à localidade de Pugas; e Fazenda Santa Quitéria, na PR-151.

De acordo com Hajar, “o investimento vai gerar centenas de postos de trabalho e arrecadação para a cidade. A iniciativa terá um potencial de 100 megawatts de geração distribuída nas três áreas, que ocuparão um espaço de aproximadamente 55 alqueires distribuídos”, revelou o secretário.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página