Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira
Foto: Divulgação / Prefeitura de Palmeira

Agosto tem apresentações culturais do Prêmio Arte Paraná em Palmeira

 

Palmeira foi escolhida por seis produtoras culturais para receber espetáculos selecionados do Prêmio Arte Paraná, da Secretaria da Cultura do Estado. As apresentações, todas com entrada gratuita, acontecem em cinco datas diferentes no mês de agosto e contam com o apoio da Prefeitura de Palmeira, através da Secretaria Municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo e Relações Públicas.

Nos dias 1 e 2, no auditório da Escola Integrada Imaculada Conceição Jesuíno Marcondes foram apresentadas a peça ‘O encalhe dos 300’ e a dança ‘Memórias de Brinquedo’, respectivamente.

No dia 12, às 19 horas, o auditório da Escola Integrada Imaculada Conceição Jesuíno Marcondes recebe a apresentação da peça ‘Toca Raul’. No mesmo local, no dia 17, às 10 horas, o público poderá acompanhar a apresentação de ‘Circo da Poesia’.

Encerrando as apresentações do Prêmio Arte Paraná 2018 em Palmeira, duas peças serão apresentadas no dia 26. Às 15h30, a praça Marechal Floriano Peixoto será o palco para ‘Pequenas porções de Tempo’ e às 19 horas, no auditório da Escola Integrada Imaculada Conceição Jesuíno Marcondes será encenada a peça ‘Os comparsas em amor e comédia’.

Para o secretário municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo e Relações Públicas, Waldir Joanassi Filho, a vinda de espetáculos de alta qualidade, como os selecionados pelo Prêmio Arte Paraná, traz grande acréscimo ao cenário cultural de Palmeira. “São peças excelentes e trazidas gratuitamente para nosso município. O público pode acompanhar essas manifestações sem gastar nada. É uma grande oportunidade de enriquecermos culturalmente”, destacou.

Prêmio Arte Paraná

O Prêmio Arte Paraná seleciona e premia espetáculos de circo, dança, música e teatro, visando a circulação e apresentação em todo o estado. Os espetáculos premiados devem realizar quatro apresentações em, no mínimo, quatro regionais de Cultura do Paraná, sendo uma apresentação por regional, sempre em municípios de até 50 mil habitantes. Os espetáculos não podem ser apresentados na cidade-sede do proponente.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página