Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa
Foto: Reprodução / Imagem ilustrativa

Ação do MP na Prefeitura de São João de Triunfo tem desdobramento em Palmeira

 

O cumprimento de sete mandados de busca e apreensão, na manhã de quarta-feira (7), em São João do Triunfo, Palmeira e São Mateus do Sul, mexeu com os ânimos da população e gerou especulações. Na verdade, foi resultado de uma ação que investiga desvio de bens e dinheiro público envolvendo contratos para fornecimento de peças e manutenção de veículos da frota municipal de São João do Triunfo. Na Prefeitura de Palmeira não houve cumprimento de mandado. A princípio, o que aconteceu na cidade foi uma ação em estabelecimento comercial.

Em São João do Triunfo, os mandados foram cumpridos em secretarias municipais e lojas de autopeças pela Promotoria de Justiça do município com apoio do Núcleo de Ponta Grossa do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Ao realizar investigação sobre a ocorrência de possíveis crimes de peculato, o Ministério Público apurou que diversos veículos da frota pública do município teriam recebido peças novas e manutenção em 2017. Portanto, deveriam estar em boas condições de uso, mas foram leiloados como sucata no início de 2018.

O crime de peculato consiste na subtração ou desvio, por abuso de confiança, de dinheiro público ou de coisa móvel apreciável, para proveito próprio ou alheio, por funcionário público que os administra ou guarda; abuso de confiança pública.

Comentários

comentários

Publicidade

Curta nossa Página